Desejo fluente

Por: alma lusitana

Sinto desejo em alcançar
As águas fluidas do teu leito
Despir-me de preconceitos
Sobre o teu destino navegar.


Pela suavidade do teu ser
Purifico todas as mágoas
As incertezas amontoadas
Na essência do prazer.


Nessa brandura de momentos
Embrenhado em pensamentos
Fluente e sublime envoltura…


Alienado desejo indomável
Por um querer insaciável
Emergido pela aventura.

Visualizações: 827